domingo, 25 de abril de 2010

Irreal

Tia Lula:



Tento dormir e não consigo
habituei me as horas tardias em que vigiava teu sono
tentando saber que para algo me querias
vou ao quarto ver se estás bem
e já não te encontras lá
caio na real
que tudo aconteceu afinal
não foi um mero pesadelo


Choro
suplico para que estejas bem
e tenhas seguido a luz
E sinto ca dentro um enorme vazio

Suplico a Deus que ajude atenuar a dor da tia Teresa
que esta a fazer-se de forte
mas chora por dentro também

Suplico para que tenhas encontrado a paz eterna
Suplico por um sinal teu
que me digas que agora estas sem sofrer
que estas serena e em paz

Anestesia esta que de vez em quando deixa de fazer efeito
e quando isso acontece lágrimas percorrem minha face
e se instala uma dor imensa em meu peito.

Irreal
tudo ainda parece irreal
só a dor essa existe
e sem forças de combate ainda contra tal
tudo o resto parece ainda irreal

Sem comentários: