segunda-feira, 21 de setembro de 2009

Querer

Eu não Quero o Presente, Quero a Realidade

Vive, dizes, no presente,
Vive só no presente.

Mas eu não quero o presente, quero a realidade;
Quero as cousas que existem, não o tempo que as mede.

O que é o presente?
É uma cousa relativa ao passado e ao futuro.
É uma cousa que existe em virtude de outras cousas existirem.
Eu quero só a realidade, as cousas sem presente.

Não quero incluir o tempo no meu esquema.
Não quero pensar nas cousas como presentes; quero pensar nelas
como cousas.

Não quero separá-las de si-próprias, tratando-as por presentes.

Eu nem por reais as devia tratar.
Eu não as devia tratar por nada.

Eu devia vê-las, apenas vê-las;
Vê-las até não poder pensar nelas,
Vê-las sem tempo, nem espaço,
Ver podendo dispensar tudo menos o que se vê.
É esta a ciência de ver, que não é nenhuma.

Alberto Caeiro, in "Poemas Inconjuntos"
Heterónimo de Fernando Pessoa

sexta-feira, 18 de setembro de 2009

Surpresas da vida - dedicado a uma amiga que amo imenso


De longe ou de perto estará sempre no meu coração.
E de uma coisa pode-se estar certo, da sua amizade jamais abrirei mão.caxfal

Amizade-765



Surpresas da vida.
Uma mensagem dedicada a uma amiga que adoro e que poderá também fazer reflectir que apesar de tudo vale a pena sorrir e viver enquanto existimos neste mundo.



Amizade-757



Todos nós passamos na vida por surpresas, umas boas outras menos positivas. A forma como valorizamos cada uma delas irá dar-lhes maior ou menor relevância. Por mais que uma surpresa negativa surja em nossa vida, se dermos muita entrada, se pensarmos muito nisso, sofreremos mais e ficaremos desiludidos, desmotivados, desconcentrados, deixando passar ao lado outras coisas que possam surgir de bom exactamente nesse momento em que nos sentimos em baixo.
Se começarmos a desvalorizar o que nos acontece de negativo, e ao invés de permitir que a magoa e a dor se instale, retiremos dali uma lição, um ensinamento, podemos conduzir o sentimento negativo e triste que se pretende instalar, num sentimento de esperança e positivo em que pensemos "se teve que me acontecer este mal, esta desilusão é porque eu precisava disso para aprender algo na vida que me irá ajudar um dia mais tarde" Mesmo do menos positivo retire o que existe de bom... porque bem no fundo existe um ensinamento a retirar de todas as surpresas menos boas que a vida nos dá.Em todo este Portugal.. porque basta os cidadãos de Portugal para exemplo:
Quem é que já não sofreu por não ter dinheiro para poder comprar comida?
Quem já não se desiludiu por amor?
Quem é que já não se desiludiu por se sentir incompreendido?
Quem é que já não se sentiu desiludido e triste por ser mal interpretado ou seu amor e dedicação, ou trabalho não ser devidamente reconhecido?
Quem é que já não se sentiu desiludido e triste por não ter mais carinho ou reconhecimento das pessoas que nos rodeiam?
Quem é que já não perdeu pessoas que amávamos para a eternidade e deixaram este mundo... umas por idade outras por doença grave?
Quem é que ao fim de tanta dedicação não acabou por perder um emprego?
Quem é que na vida já não sofreu maus tratos psicológicos ou físicos?
quem é que na vida já não assistiu a decadência moral ou psicológica que pessoas que amamos ou até física?
Todos nós já passamos por isso, ate aqueles que por nos passam na rua a esboçar um enorme sorriso e que pensamos " Nossa aquela pessoa é que deve ser mesmo feliz" até esses de certeza absoluta que passaram pelo mesmo ou por algo parecido.
Faz tudo parte do ensinamento que a vida nos dá!
E quem disse que a vida é sempre bela e fácil? Ninguém!
Mas a forma como aprendemos a encará-la pode ou não tornar-se melhor e mais apaziguadora.
Acima de tudo devemos interiormente chegar ao nosso centro e bem estar interior. tentar alcançar isso. Depois de se conseguir tal.. até as surpresas menos boas da vida acabam por ser encaradas de uma forma positiva sem fazer tanta mossa no nosso espírito desiludido, sem permitir que permaneça a desilusão e a tristeza.
Acreditem numa coisa porque e bem verdade... encarar a vida com optimismo mesmo perante pior que nos possa acontecer, é sempre melhor para o nosso espírito e não permite que a desestabilização e tumulto interior se instalem.
Lembrem-se de uma coisa.... por pior que a vida possa parecer, ou por pior que as surpresas desta surjam... Ha sempre alguém que nos ama ... somos amados sempre por alguém.. e acima de tudo devemos amarmo-nos para que nos amem ainda mais.



Optimismo,fé e serenidade são muito importantes nunca as perca, nunca!


Om mani padme hum



Amiga directamente para si: eu amo-a imenso,meu amor fraternal por si vai alem da vida.. é eterno.. assim como minha amizade.É uma Mulher De M grande e de muito valor beijo enorme


Flor-4801


Deixo a seguinte musica que ajudará a relaxar e trazer serenidade a vossa alma.Om mani padem hum




segunda-feira, 14 de setembro de 2009

Textos Budistas e musicas equilibrantes


"Nem no ar, nem nas profundezas do oceano, nem nas cavernas das montanhas, em nenhum lugar do mundo nos podemos abrigar do resultado do mal praticado."


buda


"Mesmo o homem de bem prova maus dias enquanto as suas boas ações não produzirem frutos; mas quando amadurecerem as suas boas ações, então provará dias felizes."


"O néscio pode associar-se a um sábio toda a sua vida, mas percebe tão pouco da verdade como a colher do gosto da sopa. O homem inteligente pode associar-se a um sábio por um minuto, e perceber tanto da verdade quanto o paladar do sabor da sopa."



094



"Devido à sua ambição e egoísmo, o homem faz da sua vida um verdadeiro naufrágio."
"O mal é nosso próprio produto; ninguém pode poluir ou purificar outrem."
"Como uma árvore, que embora derrubada, continua a crescer enquanto as suas raízes estiverem sãs e firmes, assim também continuará a sofrer mais e mais o homem que não tenha extripado a sua cobiça."




Blue Budha


"Diz um antigo provérbio: censuram quem se mantém calado; censuram quem fala muito; censuram quem fala pouco, neste mundo ninguém está livre de censuras."
"É bom domesticar a mente que, de difícil domínio, e veloz, corre para onde lhe agrada; a mente domesticada traz felicidade."


budha



sábado, 12 de setembro de 2009

Dedicado a uma amiga -combater o mal estar

Image and video hosting by TinyPic
Quantas vezes não escutamos quem amamos dizer, " Não estou bem?", quantas vezes escutamos confidencias ou desabafos "sinto-me mal, sinto-me angustiado/a"?

A angústia por exemplo é um sentimento que por vezes se instala no nosso espírito e acaba por transformá-lo em mau estar e melancolia. Por vezes até quem se sente angustiado chora e algumas das vezes nem encontra uma razão especifica para tal.


O que se deve fazer então nesses casos?

Combater a angústia. às vezes saber a razão desse mal estar não é suficiente, porque isso não simboliza que o mal estar desapareça. Por isso há que combater...fazer desaparecer, e não permitir que se instale mais essa sensação desagradável que acaba por fazer com que quem se sinta assim perca suas energias positivas e o dia que poderia ser bom acaba por ser horrível.


Formas de combater a angústia:

sair- combinar uma saída com amigos ou uma amiga e passear a beira mar. O ambiente marítimo auxilia muito um estado de espírito a normalizar.Se não quiser companhia pode sair sozinho/a

e no caso de não pretender sair porque não esta com a disposição para tal. Enfiar-se na cama à espera que essa sensação negativa passe não é a solução. Não é, porque pode passar amanha mas volta um dia mais tarde. A solução mesmo é combater interiormente esse mal. Se não quiser sair então mantenha-se entre quatro paredes mas distraia-se, esvazie a mente, não pense em coisas tristes. Se não desejar conversar com os seus familiares, coloque-se num sitio calmo sereno. Ponha uma musica suave e escute (mas nao me refiro a musicas emotivas, que carreguem em si uma condição que possa piorar o estado emocional em que se encontra. Refiro-me a musicas relaxantes.

Esvazie a sua mente, interiorize, olhe para dentro de si, escute, combate esse mal estar interior e não deixe que se instale e novo. Ao aprender a combatê-lo acabara por mais tarde impedir que a angústia e o mal estar e volte a instalar.

Deixo aqui uns vídeos com música relaxante e sons da natureza.


é só fechar os olhos, não pensar em nada, e escutar estes sons no meio da serenidade.






Um abraço apertado. Om mani padme hum

quinta-feira, 10 de setembro de 2009

vale a pena!


O que por vezes muito custa a uma pessoa é o facto de darmos o nosso melhor seja no que fôr e não se ser valorizado e por vezes se escutarem criticas que eram dispensáveis mesmo mediante o que de bem se tentou fazer.
Tudo isso conduz depois ao comportamento da pessoa no respeitante a motivação para voltar a fazer as coisas com ou para quem poderá tecer constantemente criticas.


De que forma se poderia ultrapassar um sentimento de possível tristeza perante criticas negativas que possam ser feitas e desvalorização do actos que temos que foram efectuados com todo o amor e positividade?

É simples... aprender a lidar com o seu próprio ego.
Se quem vos criticar não muda a atitude e mantém o acto de critica constante esquecendo-se dos elogios e valorização de vós mesmos... mudem vocês.... deixem de dar valor ao vosso ego, nem vale a pena entrar em discussões ou tristezas, se deixarem de dar atenção ao ego ... e nem reponderem ou evitarem discutir perante as criticas que vos são tecidas.... tudo se tornara mais simples e a tristeza ou sentimento de desconsideração não terá lugar no vosso espírito.

Nunca esperem nada em troca daquilo que fizerem e se lidam com pessoas que sabem que a primeira reacção é sempre criticar negativamente... porque o espanto depois? Já sabem com o que contam não sabem? Então... ponham o vosso ego de lado.. e tenham em mente que deram e dão o vosso melhor em tudo que fazem...Quando se amam as pessoas e se sabem como elas são aceita-se mesmo com mais ou menos dificuldade.. porque e aí que reside o amar verdadeiramente ... estar mesmo quando não se gosta das atitudes ou palavras... a prova de se amar alguém reside é ai mesmo, porque é fácil amar quando tudo corre bem, mas quando as coisas não são tão favoráveis é nessa altura que o amor se demonstra.


Pensamento positivo sempre em qualquer momento da vossa vida.
Sorria para a vida mesmo que ela tenha dias em que vos mostre cara feia!><


quarta-feira, 9 de setembro de 2009

Momentos de interiorização

Image and video hosting by TinyPic



A única maneira de construirmos um caminho de auto-realização e desenvolvimento é praticando a interiorização. Enquanto não exercitarmos o silêncio da mente e o relaxamento do corpo, não conseguiremos alcançar um estado de ser mais calmo e equilibrado, e consequente saúde e bem estar físico e psicológico.

A prática diária da meditação pode ajudar a realizar esse objectivo. Existem muitas técnicas de meditação e cada uma delas se adequa a um tipo de pessoa ou grupo. Mas todas elas, quando correctamente praticadas, cumprem com a função que se propõe. Muita gente pensa que meditar é sentar e ficar quieto, não pensar em nada. Mas é um pouco mais do que isso. Meditar é saber relaxar, respirar e acalmar a mente.

A meditação, quando tecnicamente correta, activa e equilibra a vibração subtil dos chacras e produz efeitos fisiológicos profundos. Quando meditamos, nosso cérebro equilibra suas actividades ondulatórias entre os hemisférios direito e esquerdo, operando assim uma forma mais coordenada de funcionamento.

Essas ondas cerebrais afectam de forma directa o sistema nervoso central e a actividade eléctrica do cérebro actua com maior criatividade e flexibilidade de pensamento. Também o sistema nervoso autônomo é beneficiado, acalmando a actividade cardíaca, maior controle natural sobre a respiração, melhor funcionamento dos intestinos pelo equilíbrio dos movimentos peristálticos, melhor digestão pela excreção e distribuição mais equilibrada dos líquidos gástricos.

Percebe-se que à medida que o ciclo respiratório vai se alterando durante a meditação, o mesmo acontece com o ritmo da actividade cardíaca. Quando uma pessoa entra em estado profundo de meditação, acontecem alterações nas actividades do sistema nervoso central, por causa das ondas vibracionais que activam o sistema de bombeamento do coração.


Image and video hosting by TinyPic



Essa energia começa seu percurso subindo pela parte posterior do corpo e continua descendo pela parte anterior do mesmo. Sobe pela espinha e estimula as bases internas dos chacras, que são ligadas aos plexos nervosos da medula espinal. Quando passa pela cabeça e se dirige para a frente do corpo, ela estimula a parte frontal dos chacras. Quando isso acontece podemos sentir um certo formigante.

Além de todos esses benefícios que a meditação promove em nossos corpos físicos, ela é grande colaboradora no desenvolvimento e evolução da consciência. Ela nos remete a mundos interiores, que a mente consciente não nos permite adentrar. E a partir dessa possibilidade, encontramos melhores maneiras de lidar com questões e problemas que a mente consciente nem sonha conseguir.

texto de Eunice Ferrari


Image and video hosting by TinyPic

terça-feira, 8 de setembro de 2009

Voar



Sou as asas de um pássaro
esguias assim me elevam
ao mais alto do céu
vôo em tudo ao redor
sentindo a brisa do vento
que conforme o meu voar vai me batendo




Sou as asas de um pássaro
leve como uma pluma esvoaçando
apenas vivendo a vida
e de retorno nada esperando
e o que dela vier aceitando



Sou as asas de um pássaro
vôo assim em teu redor
nao me vês?
é porque ainda nao elevas teu olhar
afinal em que estas a pensar?
Não penses tanto,
apenas sente, vive, aceita, age
esvazia a tua mente
não penses tanto
vive o presente
liberta-te do passado
aceita o futuro
e vive, calmamente sem alardo



Sou as asas de um passaro
vôo assim em teu redor
Não me vês?
É porque na serenidade interior não crês.
Procura-a dentro de ti
verás aquilo que eu vi
e tuas asas surgirão



Sou as asas de um pássaro
vôo em todo o redor
nem a terra nem o céu sao limite
com o ar a me apoiar
liberta sem parar!
carregando em mim, serenidade e amor


caxfal/09


"Tudo o que somos é o resultado do que pensamos; está fundamentado em nossos pensamentos e está dentro de nossos pensamentos."

segunda-feira, 7 de setembro de 2009

Catolicismo. Budísmo.

Sempre fui católica apostólica e romana, mas encontrei algo que me preenche a alma.. O Budismo e tudo que se integra nesta religião...
No budismo não há julgamentos.... não ha céu nem infernos.... não há pecado... há a busca interior, a procura da luz, o bem, a observação... uma religião libertadora sem repressões que muitas vezes os ensinamentos católicos nos dão.

No cristianismo acaba-se por vezes por se julgar e ver criticamente quem peca, mesmo defende o bem e o perdão assim como a compaixão.
No budismo ensina-se a pessoa a melhorar-se sem criticas nem julgamentos morais...
Se conseguirmos aproveitar os ensinamentos positivos de de ambos tudo é bem melhor e a aprendizagem e evolução interior tornar-se-à a um nível superior.

Ao contrário do pensamento comum, o budismo não é uma religião, pois não existe um Deus criador, não existem dogmas e nem proselitismo, porém também não seria correto denomina-la apenas como uma filosofia, pois aborda muito mais do que uma mera absorção intelectual. O Budismo não tem uma definição, tendo aquela que qualquer praticante lhe queira atribuir, contudo poderemos denominá-la de caminho de crescimento espiritual, através dos ensinamentos dos Buddhas.
Estátua monumental de Buda em Kamakura

Os ensinamentos básicos do budismo são: evitar o mal, fazer o bem e cultivar a própria mente. O objectivo é o fim do ciclo de sofrimento, samsara, despertando no praticante o entendimento da realidade última - o Nirvana.

O ponto de partida do budismo é a percepção de que o desejo causa inevitavelmente a dor. Deve-se portanto eliminar o desejo para se eliminar a dor. Com a eliminação da dor, se atinge a paz interior, que é sinônimo de felicidade.

A moral budista é baseada nos princípios de preservação da vida e moderação. O treinamento mental foca na disciplina moral (sila), concentração meditativa (samadhi), e sabedoria (prajña).

Apesar do budismo não negar a existência de seres sobrenaturais (de fato, há muitas referências nas escrituras Budistas), ele não confere nenhum poder especial de criação, salvação ou julgamento a esses seres, não compartilhando da noção de Deus comum às religiões abraâmicas (judaísmo, cristianismo e islamísmo).

A base do budismo é a compreensão das Quatro Nobres Verdades, ligadas à constatação da existência de um sentimento de insatisfação (Dukkha) inerente à própria existência, que pode no entanto ser transcendido através da prática do Nobre Caminho Óctuplo.

Outro conceito importante, que de certa forma sintetiza a cosmovisão budista, é o das três marcas da existência: a insatisfação (Dukkha), a impermanência (Anicca) e a ausência de um "eu" independente (Anatta).

A flor de lótus e a cruz suástica são símbolos do Budismo (ver simbologia budista).




"Feliz aquele que vence o egoísmo, alcança a paz, encontra a verdade. A verdade liberta-nos do mal; não há no mundo libertador igual. Confia na verdade, mesmo que não sejais capazes de compreendê-la, mesmo que no começo vos pareça amarga a sua doçura."


"Por mais que na batalha se vença a um ou mais inimigos, a vitória sobre a si mesmo é a maior de todas as vitórias."


Eu sou o resultado de meus próprios atos, herdeiros de atos; atos são a matriz que me trouxe, os atos são o meu parentesco; os atos recaem sobre mim; qualquer ato que eu realize, bom ou mal, eu dele herdarei. Eis em que deve sempre reflectir todo o homem e toda mulher."

Om mani padme hum

Quem corre por gosto não se cansa. Parabens Manito Amo-te muito


Este fim de semana foi exaustivo. Preparar a casa do Porto para ser alugada de novo.
Pinturas, limpezas.... coisas que puxam pelo nosso fisico e nos deixam com a sensação como se tivéssemos sido atropelados. Entorpecidos e apesar de parecer que é mais a alma que puxa neste momento pelo nosso corpo do que este último, tudo acaba por compensar depois do resultado obtido.

Basta pensar positivo que por mais dores que se possa ter fisicamente, consegue-se com um ritmo mais vagaroso ou não dependendo da situação, fazer as coisas que se devem fazer no dia em que nos sentimos "atropelados" e entorpecidos fisicamente.

A mente consegue controlar muita coisa em nós


O espírito ajuda-nos a prosseguir se nos mantivermos positivos, optimistas, com fé e serenos, pois tudo que seja bem feito e para o melhor compensa qualquer cansaço.





Quero agora deixar aqui um beijo a todos e um muito especial ao meu manucho que amo por demais e hoje faz 39 anitos. Parabéns Paulucho borrachinho lindo ti adoro mesmo mesmo estando a quilómetros de distância


sábado, 5 de setembro de 2009

Descoberta




Todos nós caminhamos neste mundo com um sentido:
a procura
o encontro da luz
procurarmos um fim que justifique nossa existência,
encontrarmos o porquê das coisas e dos acontecimentos.
Assim cada um de nós vai percorrendo o seu caminho a sua maneira e fazendo as suas opções de vida.
Contudo seria muito importante que compreendessem que a principal procura deve residir dentro de nós mesmos, em nós e sobre nós, interiormente, encontrando-se a si mesmo. Acima de procurar fora no exterior e nas outras pessoas as respostas as nossas questões estão e sempre estiveram no nosso ser, no nosso espirito. Dái que interiorização seja fundamental, assim como a reflexão.


Om mani padme hum


Que todos vós possam inteirormente renascer e deixar de desperdiçar energias com factos mudanos que em nada nos possam auxiliar no nosso caminho.



"Cada qual pagará a si mesmo pela má ação que cometeu. Praticando uma boa ação, cada qual se purificará a si mesmo. Não se pode purificar uns aos outros."


"Aquele que percebe a existência da dor e conhece sua causa, remédio e extinção, compreende as quatros nobres verdades está no bom caminho. Seu reto propósito de ser a luz que iluminar seus passos, e a palavra verdadeira, o seu refúgio. Caminhar em linha reta, porque reta é a conduta."