sábado, 21 de janeiro de 2012

Filosofando realidades



tinha-vos dito em surdina
nao receies, nada mal te pretendo
terão garantidamente protecção minha

Tinha-vos dito no meu silêncio
a dor sentida da renegação
não pela criada ilusão
após a vossa aceitação
mas pela real intenção
publicitaria e marketingista
dessa posterior rejeição.

Serviu para te enaltecer?
serviu para publicidade gratuita te fornecer?
entao vossos permeios de acção
tiveram resultado,
poderiam usar outra forma
sem ser a mentira, os truques
ou ate ao ponto que chegaram
da pura difamação
porque nada mais teria sido
visto ainda eu ser na realidade
ainda o desconhecido
que nao quiseram conhecer
apenas iludiam para quieta permanecer.



Receais o que?
não vivo de aparências nem de ilusões
nao vivo de me esconder atrás do sucesso de terceiros
vivo da realidade da minha vida
e com ela dos trambolhões
que vou dando ao percorre-la
assumindo todos meus erros e acertos
aprendendo a viver sem copiar os erros graves
existencias em que esta sociedade está a cair
defendendo sempre meus princípios e valores
que sempre com orgulho assumi

indicando o que me aprece incorrecto de acçao frontalmente
mesmo que me prejudique
recuso me a mentir


Aidna me indago o porque de tudo isso sucedido?
MAs cada um leva a vida que quer e como deseja
e o resultado pode nem sempre ser o que anseia
mas como diz o ditado popular
quem boa cama faz
nela se ira deitar
por isso façam suas camas da melhor forma possivel
para poderem ter um sono tranquilo e apetecivel.
tudo reside da forma como vivemos na nossa e com a nossa consciência
acima de tudo eu preocupo me em ter a minha sempre tranquila
mesmo que por vezes possa ter um feitio reguila
nada prejudicial faço aos outros
minha metas alcanço as com honestidade
nao ando aqui a enganar ninguem nesta sociedade
nem renegar familiares ou a pura realidade



nao sou como a maioria das pessoas
que nao olham a meios apr aatingir os seus fins
Prefiro perder com dignidade
do que ganhar com mentiras, jogos ou falsidade

Sem comentários: