sábado, 30 de janeiro de 2010

Ha necessidade?

NAo entendo a necessidade das pessoas estarem sempre e constantemente a criticar negativamente alguém.
Não entendo a necessidade das pessoas pensarem em tudo com detalhe antes de proferirem alguma coisa retirando a pureza das palavras,sejam suaves ou duras, mas que sejam genuinas.
Não entendo o porque das pessoas não se aceitarem e tentarem sempre exigir dos outros aquilo que não são, não respeitando a sua essência nem valorizando o que detêm de positivo. Porque todas as pessoas na vida têm um lado bom.

Sou de Marte, ou Vénus, sei lá... pois não falo como os terrestres!
Quando penso que falo bem em português .. como terrestre que julgava ser, só me deparo com a falta de entendimento e julgamentos vãos. Se as pessoas tanto defendem a pureza do coração e a sinceridade, assim como o ser-se genuíno, porque tanto recriminam quem o é quando defronte ao que não percebem nem entendem?! Ate os puros dos mais puros diz por vezes palavras mais amargas, pois a pureza do coração reside em não omitir o que se sente em dada altura mas também reside em saber por de lado em segundos sentimentos momentâneos menos positivos. Essa sim é a pureza bruta da alma de uma pessoa. Aquela que não é manipulada e sai de dentro naturalmente seja em forma de docilidade seja em forma de descontentamento. Ser-se puro engloba tudo- o nao esconder o bom nem o mau. Porque a pureza no ser humano engloba também os seus defeitos e virtudes.

Será difícil as pessoas entenderem isso? Pureza é pureza--- é algo que não e manipulado, é como um diamante bruto sem ser lapidado, é como um rosa mesmo com os seus espinhos, é como um pássaro mesmo quando pica alguém que se aproxime.. tudo que é puro não é forjado.
Por isso porque aclamam tanto a pureza se depois quando confrontados com ela a recriminam por vezes?

Saturada... estou saturada!!! Sou imperfeita em estado de evoluçao constante, contudo estou saturada de deparar com pessoas ainda mais imperfeitas que eu e se julgam melhores que ninguém e que os outros.

Sem comentários: